Saúde

Prefeitura Municipal de São João do Caru em parceria com a SEMUS – Secretaria Municipal de Saúde realizaram 02 (duas) campanhas nesta quarta feira 31 de Janeiro

A Prefeitura de São João do Caru, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde com o apoio da equipe da Força Estadual da Saúde e do NASF – Núcleo de Apoio à Saúde da Família realizaram nesta quarta feira 31 de Janeiro 02 (duas) campanhas de conscientização e prevenção denominadas Janeiro Branco e Janeiro Roxo.

A Campanha Janeiro Branco com o tema “Quem cuida da mente, cuida da vida e quem cuida de si, cuida do outro” foi realizada na parte da manhã, a partir das 8:00h desta quarta no Auditório do STTR – Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais da cidade.

O Janeiro Branco teve como objetivo fazer do mês de Janeiro o marco temporal estratégico para que as pessoas e instituições sociais reflitam, debatam, conheçam, planejem e efetivem ações em prol da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos e das próprias instituições e chamar a atenção para os temas da Saúde Mental e da Saúde Emocional nas vidas das pessoas além de contribuir, decisivamente, para a construção, o fortalecimento e a disseminação de uma “cultura da Saúde Mental” que favoreça, estimule e garanta a efetiva elaboração de políticas públicas em benefício da Saúde Mental dos indivíduos e das instituições.

A Campanha Janeiro Roxo foi realizada na a partir das 3:00h da tarde na CE Antonio Ramalho e teve como objetivo conscientizar a população sobre a doença e incentivar o diagnóstico precoce.

SOBRE A DOENÇA - A Hanseníase é uma doença crônica, transmissível e de notificação compulsória. Possui como agente etiológico o Mycobacterium leprae, capaz de infectar grande número de indivíduos (alta infectividade), apesar da baixa patogenicidade (poucos adoecem). Tem predileção pela pele e nervos periféricos, podendo cursar com surtos reacionais intercorrentes, o que lhe confere alto poder de causar incapacidades e deformidades físicas, responsáveis pelo estigma e discriminação às pessoas.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, em toda a cidade de São João do Caru, foram identificados cerca de 30 casos tenho os maiores números de casos a sede e o Povoado Santarém.

Em ambas as campanhas estiveram presentes diversos profissionais como: Psicóloga, Assistente Social, Enfermeirs, ACS, Educador Físico, Fisioterapeuta e Nutricionista.

É a Prefeitura Municipal de São João do Caru e a SEMUS – Construindo Uma Nova História

Mais em Saúde


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!